Siga-nos

Perfil

Expresso

Revoltas no Magrebe e no Médio Oriente

Benghazi celebra queda iminente de Kadhafi

Dezenas de milhares de pessoas invadiram hoje as ruas da "capital" rebelde da Líbia, Benghazi, para celebrarem a queda, que tudo indica estar iminente, do regime do coronel Kadhafi.Clique para visitar o dossiê Revoltas no Magrebe e no Médio Oriente

O povo saiu hoje à rua em Benghazi, para celebrarem a queda, que tudo indica estar iminente, do regime do coronel Kadhafi.

Clique para aceder ao índice do Dossiê Revoltas no Magrebe e no Médio Oriente

Tiros de armas automáticas atirados para o ar e gritos de vitória estouraram por toda a cidade após o anúncio pelos canais de televisão da chegada dos rebeldes ao coração da capital líbia, Tripoli.

"Adeusinho caracolinhos!", "Deus é grande!", canta a multidão.

 Provocando engarrafamentos, milhares de veículos, com os quatro piscas ligados, têm convergido para a parte da cidade perto do mar.

As imagens dos combatentes rebeldes na capital "libertada", projetadas na parede branca do tribunal, provocam os aplausos entusiasmados de espetadores em transe.

A bandeira vermelha, verde e preta da rebelião está por todo o lado: presa nos braços das pessoas, nas fachadas dos edifícios, em t-shirts, ou abanadas euforicamente nas janelas dos carros.